Par ou Impar


E assim acaba a segunda temporada

Eles dizem que não há mais espaço para imagem. Sendo assim, não há mais espaço para mim.

Qualquer coisa estou no: Par ou Impar - Terceira Temporada.

 



Escrito por chelo_bueno às 15h14
[   ] [ envie esta mensagem ]




O que é belo, e real

café, cigarro um certo ar parisiense...Alguien anda por ahí

Grafitti

"tantas cosas empiezan y acaso acaban como un juego, supongo que te hizo gracia encontrar el dibujo al lado del tuyo, lo atribuiste a una casualidad o a un capricho y sólo la segunda vez te diste cuenta de que era intencionado y entonces lo miraste despacio, incluso volviste más siempre: la calle en su momento más solitario, ningún carro celular en las esquinas próximas, acercarse con indiferencia y nunca mirar los grafitti de frente sino desde la otra acera o en diagonal, fingiendo interés por la vidreria de al lado, yéndote en seguida..."

Julio Cortazar, Los relatos "4"



Escrito por chelo_bueno às 11h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




Musuinha do Dia - Fumble (and recover)

Um pouco da minha sanidade mental e tranquilidade de descobrir. É terrível, mas apaziguador

Fumble

Architeture in Helsink

Fingers Crossed

Found a flaw in the ending of a book that I've read twice,
I set her straight, it's not based on your life.

There's tension in this room,
We'll have butterflies soon,
Fumbling 'round in the dark with a flashlight.

No need to be uncalm,
We'll leave it by the phone,
A message you can swallow,
A letter to sign,
No need to be alarmed,
We'll leave this all alone,
And all the guilt will follow you in a line.

There's tension in this room,
We'll have butterflies soon,
Fumbling 'round in the dark with a flashlight



Escrito por chelo_bueno às 11h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




Crime e Recompensa

Luck...

 

Match Point (Woddy Allen - 2005)

Allen nunca foi exatatamente adepto de obras edificantes. Aliás, tentando explicar ou entender a natureza humana (Conceito bem vago, mas não pouco explorado, de Aristóteles à TODOS os ditos pensadores - e inclua ai os não pensadores, os dos bares, os das baladas ou mesmo os que almejam ser máquinas). Aliás quando a redenção em seus filmes vinham, eram de maneira inxplicável. Ainda que sim, parece que ao fim, sempre havia uma esperança num sentido ou uma tentativa de se apegar a crença que todas esta tábua de regras morais não estão ai em vão. E mesmo uma conivicção cristã de justiça, ainda que esta viesse  do "divino".

Aos 70 anos, Allen parece ter desistido de vez. Largou mão da humanidade. Ao fim, sem nenhuma esperança de justiça. Face a face com o pragmatismo. O cenário não poderia ser melhor escolhido. A analogia com o tênis chega a ser quase obrigatória. Esporte mais prgamático e preciso não há. mas claro. Até lá a sorte ajuda. Mas distante de todo jargão popular de talento aliado ao treino. Sorte, pura e simples.  A bolinha batendo no topo da fita, e naquele momento definindo, se vai para frente ou para trás. Sorte. Pura e simples.

E como a própria sorte pode enterrar o conceito de justiça. Mundo de resultados. Nesse momento entra Woody Allen e traduz, não sei se o ser humano, nem sei se o momento histórico. E o faz de um jeito que a parada para pensar se faz necessária.

 

*Scarlett Johansson é phoda...Muito*



Escrito por chelo_bueno às 11h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




Em espiral, rumo ao centro

 

Vinicius, Tonia e um garrafa de cachorro.

Vinicius (Miguel Faria Jr. - 2005)

Documentário com um pé na idolatria. Os intememios, com Camila Morgado, sempre com aquela emoção que parece vir de algum lugar entre o osso e a pele. Travada no meio da garganta. Juro, quero vê-la um dia na tela, tranquila, com uma voz sem entonações épicas sempre muito além daquilo que é dito, por favor, um papel cotidiano e banal para Camila.

Se por ali o filme escorrega, em algum outro ponto o espírito de Vinicius aflora. Da boca de Chico, da boca de Powel de Toquinho mas o que mais me espanta é Tonia Carreiro. Por ali Vinicius começa a se manifestar, e tomar conta do filme, bonachão, grave e solto. Ao que parece um ambiente todo.

Quando ela colocou a figura do precipício como necessidade comecei a girar em espiral, em direção ao centro junto com as baixezas, as garrfas de wiskie e os amigos. Mas nem de longe sou Vinicius.

Casa aberta, sorriso solto, palvra precisa. Aliás palvara facíl para ele porque ao que tudo indica vinha diretamente do hipotálamo para a boca, sem filtros, sem peso.

A vontade que tenho agora é de tomar um gin tônica.

*E me pego pensando no motivo dele...e no medo de semelhanças - porque nem um pouquinho perto de Vinicius*



Escrito por chelo_bueno às 10h51
[   ] [ envie esta mensagem ]




Da série desequilibrio - A paz

 

Fazendo tudo errado, mesmo quando parece coerente.

A sensação de sempre fazer a escolha errada. E ainda que fossem apenas duas opções, sentir que qualquer uma é errada. (Definir erro). Por fim, tudo hipotético. As escolhas são mútlipas,e a mutipilicidade todas "erradas", talvez seja mais apavorante que um mundo de dicotomias.

Teoria do caos

Busca do prazer e da dor.  Tentando adaptar o mundo à própria alma.  A paz nesta hora, talvez seja mal vinda. Vamos pela paz.



Escrito por chelo_bueno às 14h45
[   ] [ envie esta mensagem ]




Da série desequlibrio

Uma ato de sensatez.

Lados opostos

Este é um dos momentos no qual duas posições completamente contraditórias parecem mais sensatas que a minha escolha. Na verdade, eu não fiz uma.

Em Roma comporte-se como os romanos. No caos comporte-se como...mas e se coexistir um estado caótico/pacífico? (se o pacífico for só um desejo, poderá o caos também sê-lo)



Escrito por chelo_bueno às 12h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Musuinha do Dia - Desequilibrio e/ou dislexia

Certezas condensadas.

Talking shit about a pretty sunset

Modest Mouse

This is a long drive for someone with nothing to think about

Oh noose tied myself in, tied myself too tight
Looking kind of anxious in your cross armed stance
Like a bad tempered prom queen at a homecoming dance
And I claim I'm not excited with my life any more
So I blame this town, this job, these friends
The truth is it's myself
And I'm trying to understand myself
and pinpoint where i am
By the time I get things figured out
I've change the whole damn plan
Oh noose tied myself in, tied myself too tight
Talking shit about a pretty sunset
Blanketing opinions that i'll probably reget soon
I've changed my mind so much I cant even trust it
My mind changed me so much I cant even trust myself

*Procurando alguma evidência...*



Escrito por chelo_bueno às 12h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




Da série Desequilibrio

A falta. E não sou eu. São minhas sinapses (dito assim, fica mais simples)

Breve História do tempo

"O que sabemos sobre o Universo,e como sabemos? De onde veio o Universo, e para onde está indo? O Universo teve um começo, e se teve o que aconteceu antes desse começo? Qual a natureza do tempo? Será que algum dia o tempo vai acabar? Podemos voltar atrás no tempo?..."

Stephen Hawking - Breve História do tempo, cap 1

Que inferno de perguntas? Parece coisa de filosofia para colegiais. E é. E não só a cosmologia tenta responder. O Tarkosvsky também.

Eu também também, ou talvez só queira saber...mas para quê? Tempo dimensão, sem o romantismo da volta para o passado, como lugar preservado, e refazer escolhas. E ainda que pudessemos, o que quermos dizer com "dar certo" ou "dar errado". Finitude. Uma perspectiva assutadora para um ocidental cristão.

Eu sou um ocidental cristão... e se por uma lado Mach Point (Woddy Allen - 2005) é genial, por outro é perturbador. Por favor sem pesos sobre a perturbação. Quem sabe o equilibrio esteja na soma final dividido por 2 e não no zero absoluto e constante.



Escrito por chelo_bueno às 12h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Na Corda Bamba - conversa com Cris

Arrebatamento

 

Escolher o belo. Escolher a arte. A dor. Saked from blindside. Sleeping pills.

A escolha. e uma porrada de horas de sonos mal resolvidos.

Soberba?



Escrito por chelo_bueno às 14h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




Rascunho de Pássaro

Produção...uma tarefa para corações duros e paciência sobrehumana (Foto by Rubão)

 

AHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!!!!!!

O José Serra, vai TOMAR NO CU!!!! e a CET tb!!!!

(isso não resolve nada..nem alivia, mas foda-se)



Escrito por chelo_bueno às 19h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




Musiquinha do Dia - Sleeping Pills

Densidade Infinita - Tempo zero

PDA

Interpol

Turn On the Bright Lights

yours is the only version of my desertion that I could ever subscribe to
that is all that I can do
you are a past sinner the last winner I'm raping all around me
until the last drop is behind you

But you're so cute when you're frustrated, dear
Yeah you're so cute when you're sedated, dear
I missed you

sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tonight, sleep tonight, sleep tonight, sleep tonight

you are the only person who’s completely certain there’s nothing here to be into
that is all that you can do
you are a past sinner, the last winner and everything we've come to
makes you you
But you cannot safely say while I will be away you will not consider sadly
how you helped me to stray
you will not reach me I am resenting a position that's past resentment now I can consider now there is this distance so

sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tight, grim rite, we have two hundred couches where you can
sleep tonight, sleep tonight, sleep tonight, sleep tonight

something to say
something to do
nothing to say
when there's nothing to do

 

Sentada na varanda

Roubando idéias


 

 



Escrito por chelo_bueno às 19h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




P1 e P2

A Tua mente picareta é que o fez pensar em Kawano e Casilli.

 

Hubble Confirms Pluto's New Moons

Anxiously awaited follow-up observations with NASA's Hubble Space Telescope have confirmed the presence of two new moons around the distant planet Pluto. The moons were first discovered by Hubble in May 2005, but the science team probed even deeper into the Pluto system last week to look for additional satellites and to characterize the orbits of the moons.

Though the team had little doubt the moons are real, they were happy to see the moons show up very close to the locations predicted from the earlier Hubble observations. The initial discovery is being reported today in this week’s edition of the British science journal Nature.

The confirmation reinforces the emerging view that the Kuiper Belt, a swarm of icy bodies encircling the solar system beyond Neptune, may be more complex and dynamic than astronomers once thought. Pluto resides inside the Kuiper Belt and is about 3 billion miles from the Sun. Pluto was discovered in 1930.

The moons’ orbits are in the same plane as the orbit of the much larger satellite Charon (discovered in 1978). This likely means the moons were not captured, but instead were born, along with Charon, in what is commonly theorized to have been a titanic collision between two Pluto-sized objects over 4 billion years ago.

A team of astronomers, led by Hal Weaver of the Johns Hopkins Applied Physics Laboratory in Laurel, Md., and Alan Stern of the Southwest Research Institute in Boulder, Colo., made the new observations on Feb. 15, 2006, with Hubble’s Advanced Camera for Surveys (ACS).

The team used the sharp vision of the ACS to do a targeted search of the region around and inside the orbits of the twin moons. In addition to confirming the reality of the new moons, the observations also rule out the possibility of other satellites of roughly similar size orbiting Pluto inside the orbits of the two moons. The moons, provisionally designated S/2005 P 1 and S/2005 P 2, are approximately 40,000 and 30,000 miles away from Pluto, respectively.

Astronomers believe that the formation of the Pluto system is similar to that of our Earth and Moon. In both cases a comparable-sized body slammed into the parent planet. Simulations show that debris from the collision would go into an orbit around the planet and coalesce to form one or more satellites. Investigating how Pluto ended up with three moons while the Earth has one only should yield valuable insights into the processes by which satellite systems form around planets.

The team will use Hubble again on March 2 to study the new moons. They hope the follow-up observations will provide information on the moons’ color, as well as their size and shape, which could yield further clues about the formation and evolution of the Pluto system.

NASA's New Horizons mission to Pluto launched in January and is due to reach its distant destination in 2015.
 
 
NASA

 

Universo num copo de cerveja

Luas em Plutão. Andrômeda. Buracos Negros. Deformação de tempo e espaço. Matéria, anti matéria. O começo, o fim. É inútil. Em algum ponto, pelo visto, tudo isso vai virar um grande nada. E não vai alterar a realção com o copo de cerveja.

Mas eu não consigo parar de olhar, nem de pensar a respeito. É muito belo...muito e me deixa em silêncio (diferente de deixar em paz)...

 




Escrito por chelo_bueno às 10h29
[   ] [ envie esta mensagem ]




Pensando -(Escolhendo)-

Coisas Simples da Vida - Simples

Memória (revirando a caixa de lembranças)

"NJ, sua esposa Min-Min e o casal de filhos são uma típica família de classe média vivendo num apartamento de Taipei com a sogra já idosa" - Sinopse de As coisas simples da vida - Edward Yang (For/Jap - 2000)

CIERRO LOS OJOS Y ESTOY EN MEDIO DEL MAR

 

Perdí varias cosas en Buenos Aires. Por el apuro o la mala suerte, nadie sabe adonde fueron a parar. Salí con un poco de ropa y un puñado de papeles.

No me quejo. Con tantas personas perdidas, llorar por las cosas sería como faltarle el respeto al dolor.

Vida gitana. Las cosas me acompañan y se van. Las ten­go de noche, las pierdo de día. No estoy preso de las co­sas; ellas no deciden nada.

Cuando me separé de Graciela, dejé la casa de Monte­video intacta. Allí quedaron los caracoles cubanos y las es­padas chinas, los tapices de Guatemala, los discos y los libros y todo lo demás. Llevarme algo hubiera sido una estafa. Todo eso era de ella, tiempo compartido, tiempo que agradezco; y me lancé al camino, hacia lo no sabido, limpio y sin carga.

La memoria guardará lo que valga la pena. La memo­ria sabe de mí más que yo; y ella no pierde lo que merece ser salvado.

Fiebre de mis adentros: las ciudades y la gente, despren­didos de la memoria, navegan hacia mí: tierra donde nací, hijos que hice, hombres y mujeres que me aumentaron el alma.

 

Eduardo Galeano - Dias e Noites de Amor e Guerra

 

...

3 eus. o que fala. O que pensa. O que sente. Indiferentes um ao outro. nenhum deles será capaz de solucionar. (Definir solução).  Se fizer, que seja para TE preservar. Quanto a mim, (é uma sugestão) ...eu não sei me cuidar sozinho. (ponto) -



Escrito por chelo_bueno às 20h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Papo de Bêbado - muito sóbro

Estamos apenas começando.

 

"A vida é esdruchula"...



Escrito por chelo_bueno às 17h39
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Quechua, Cinema e vídeo, Música, Bar e Futebol
MSN -
Histórico
  26/02/2006 a 04/03/2006
  19/02/2006 a 25/02/2006
  08/01/2006 a 14/01/2006
  21/08/2005 a 27/08/2005
  14/08/2005 a 20/08/2005
  24/07/2005 a 30/07/2005
  23/01/2005 a 29/01/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  28/11/2004 a 04/12/2004


Outros sites
  M__ Last fm
  Par ou Impar (primeira temporada)
  PSYCHOCAnDY - Mr. Griffin Yard
  Neblina (dos olhos de Pacheco)
  Faux Raccord
  Bibelow
  "ESSA ONDA QUE TU TIRA QUAL É???" - eheheheh (KK Tarefa)
  Fim de Semana no Ar
  Desassosego
  7 amigos
  Vista da Janela
  Os Olhos de Otávio
  Nothing is Real
  *Kaleidoskopio*
  Super Prisma Reloded
  Caruuuuuuu
  Get Up
  ainda
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?